quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Lula volta a criticar evangélicos da Lava Jato: “ungidos por Deus”

          Ex-presidente culpa Operação pela crise no país

Lula volta a criticar evangélicos da Lava Jato:
 "ungidos por Deus"
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar a Operação Lava Jato, da qual ele é réu, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, gravado durante um jantar com petistas e apoiadores na semana passada, Lula reclamou da postura dos procuradores da força-tarefa do Ministério Público Federal. Chamou-os de ‘moleques que falam bobagem’.

Do mesmo modo como fizera em março, nas gravações telefônicas interceptadas pela Polícia Federal, ele zomba da fé de alguns membros da força-tarefa, declaradamente evangélicos.

“É você ter em Curitiba (base da Lava Jato), sabe, um agrupamento especial de pessoas ungidas por Deus para salvar o mundo”, atacou.

Referindo-se ao procurador Deltan Dallagnoll, que o acusou de ser o ‘comandante máximo da organização criminosa’ do esquema de propinas na Petrobrás, deixou claro que está abrindo um processo contra ele.

“Crentes” irritam o ex-presidente

Uma conversa do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e do ex-presidente Lula revelada no início do ano pela imprensa mostra que ambos desprezam os valores que norteiam alguns membros do Ministério Público.

Paes ligou para prestar solidariedade após Lula ter sido levado para depor pela Polícia Federal. Começam falando mal da delação premiada de Delcídio Amaral. Logo em seguida, em meio a palavrões, mesmo sem citar nomes, atacam os servidores públicos evangélicos.

“Esses meninos da Polícia Federal e esses meninos do Ministério Público se sentem enviados de Deus”, diz Lula. “Os caras do ministério público são crentes. É uma coisa absurda”, respondeu Paes. “Pois é”, replicou Lula.

Fonte: Gospel Prime

III Semana da Balaiada em Chapadinha

Por: Valdivan Alves

A III Semana da Blaiada, teve início nesta quarta-feira (07) por volta das 19:30, no auditório do Sebrae. A solenidade contou com a presença do coordenador do Projeto Balaiada em Chapadinha, prof. Jânio Ayres, a professora Francidalva, representando a FAB, e outros representantes de instituições que apoiam o projeto, além dos alunos das escolas envolvidas no projeto Balaiada.
Composição da mesa
Com o tema, “Um jeito novo de contar a história”, a semana da Balaiada pretende estimular três focos de atuação no município: turismo, cultura e a vivência da cidadania. As atividades relacionadas a semana segue até o dia 13 de dezembro.

Coordenador do Projeto Professor Jânio
O coordenador do projeto Balaiada o professor Jânio Ayres, disse“Este ano nós tivemos o maior envolvimento dos estudantes, professores e empresariados. Foi um grande passo que obtivemos e a gente espera que a sociedade chapadinhense, possa acordar para essa iniciativa, e no próximo ano possa participar com um grande volume, temos a pretensão de realizar no próximo ano na praça do povo, essa é a nossa expectativa”. Finalizou Jânio
Plenária
Neste ano III Semana da Balaiada tem parceria da Prefeitura de Chapadinha, Sebrae, Landry Móveis, Faculdade do Baixo Parnaíba, Hot Sat, Malharia Olho Vivo, Metalúrgica São José, Parque Aquático Torre do Sol e Chapadinhense Hotel. As atividades da semana iram acontecer simultaneamente em outros municípios como Itapecuru Mirim, Ninas Rodrigues, Anapurus, Caxias entre outro. Em Chapadinha as escolas da rede municipal e estadual de ensino sediaram as atividades Pedagógicas em consonância ao tema.
Apresentação de uma musica da balaiada
No próximo sábado, dia 10, a partir das 13h, acontece o III Seminário da Balaiada, no auditório do Sebrae com apresentações culturais, palestras, mesas redondas sobre o tema e orientação referente aos Programas de Promoção Cultural.
Apresentação de uma paródia com alunas do C.E. Dr. Otávio Vieira Passos (Bandeirante)

                                  

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

CHAPADINHA: Lavrador é assassinado com seis tiros no Angelim

O lavrador Jurandir de Sousa, de 56 anos, residente no Bairro Cohab, em Chapadinha foi executado com pelo menos seis tiros, por volta das 20h30, desta quarta-feira (7), no Bairro Angelim, na entrada da cidade.

O crime ocorreu no início da subida da ladeira do Angelim, quando Jurandir retornava para casa, de bicicleta, no percurso que fazia toda semana, dia sim, dia não, quando ia cuidar de um terreno naquela área. Vizinhos disseram ter ouvido vários disparos. As primeiras informações são de que o crime foi executado por dois homens em uma moto.

Um dos filhos de Jurandi disse ao blog do William que acha que os criminosos já estavam só aguardando a passagem da vítima para executar o crime.


Policiais militares estiveram no local e ouviram familiares. O corpo da vítima foi conduzido ao Hospital Antonio Pontes de Aguiar (HAPA).

A morte de Jurandir causou muita comoção no bairro onde morava, por ser muito conhecido e tido por todos como uma pessoa trabalhadora e que não “mexia” com ninguém.

Ele é pai de Joyce Gardielle, Greyce Janne e Jandy Gleidison.

Com informações :Do Blog do William

Vereador é executado em de Godofredo Viana

O Vereador César Augusto,popular César da Farmácia (PR) foi executado agora a pouco na cidade de Godofredo Viana -MA a 860 km de São Luis.

Segundo informações de populares o vereador foi executado com três tiros dentro da própria farmácia a qual era dono.


César chegou a ser  diplomado na manhã desta quarta feira pela justiça eleitoral.

Até o momento a polícia não sabe o motivo do crime.

A qualquer momento mais informções

Fonte: Do Blog do Neto Weba.

EXTRA: STF decide pela permanêcia de Renan Calheiros na presidência do Senado

Apesar da vitória, o senador fica impedido de substituir o atual chefe do executivo nacional, Michel Temer, saindo, assim, da linha sucessória da Presidência da República
           Renan Calheiros assistiu parte do julgamento no seu gabinete, ao lado do filho

Por 6 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela permanência de Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado, contrariando a liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, que havia exigido o afastamento imediato de Calheiros. Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Luiz Fux, Teori Zavascki, Dias Toffoli e Cármen Lucia votaram a favor de Renan. Apesar de ter vencido no STF, ficou decido que o atual presidente da Casa não poderá substituir o chefe do Executivo nacional, saindo, assim, da linha sucessória da Presidência.

Renan Calheiros assistiu parte do julgamento em seu gabinete, ao lado do filho, o governador de Alagoas, Renan Calheiros Filho; do vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC); do líder do PMDB na Casa, Eunício Oliveira (CE); do líder do governo no Senado, Romero Jucá (RR) e do senador Otto Alencar (PSD-BA). A senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), também acompanhou o julgamento ao lado de Calheiros. O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) esteve no gabinete e afirmou que todos assistiram à sessão em silêncio, apenas tecendo comentários, sem esboçar reações. 

Rosa Weber e Edson Fachin seguiram o ministro Marco Aurélio e votaram pelo afastamento de Renan Calheiros da presidência do Senado.

Aguarde mais informações

Com informações: CB

Lançada emissão de senhas pelo celular para atendimento presencial nas agências

A senha pode ser gerada para atendimento em sua própria agência de relacionamento ou para qualquer outra agência de preferência do cliente.

Os clientes do Banco do Brasil já podem emitir senhas pelo celular, no aplicativo do banco, para atendimento presencial. A novidade permite que as pessoas retirem a senha de casa ou de qualquer outro local e recebam a estimativa para o atendimento na agência que preferir. As senhas entram em uma fila virtual e o cliente efetua o check-in pelo App quando chegar à unidade do banco. Caso ele se esqueça de validar a senha ao chegar à agência, o sistema realiza o procedimento automaticamente no horário previsto.

A senha pode ser gerada para atendimento em sua própria agência de relacionamento, nas unidades mais próximas ou para qualquer outra agência de preferência do cliente. O aplicativo pesquisa as dependências por nome, número ou CEP e exibe os dados gerais, como: endereço, telefone e horário de atendimento. Após a emissão de senha, o cliente também visualiza o horário previsto para seu atendimento.

O diretor de clientes pessoas físicas do BB, Simão Luiz Kovalski, entende que a inovação garante maior comodidade, “Esta entrega faz parte do Programa de Transformação Digital do BB e permite ao cliente otimizar seu tempo e lhe dá a opção de ir às nossas agências próximo ao horário de atendimento. Vamos melhorar a experiência dele, oferecendo um atendimento mais ágil e com menor tempo de espera em filas. E em breve, o aplicativo também realizará a triagem prévia, oferecendo ao cliente todas as opções para resolução de sua demandas no próprio app, sem precisar se deslocar até uma agência ”.

A implantação surgiu da ideia de dois funcionários da instituição e foi a grande vencedora da 1ª edição do Programa Pensa BB, que estimula os funcionários a criar soluções inovadoras para o banco. A sugestão concorreu com outras 3.265 propostas de todas as áreas da instituição.

Conta Fácil

Neste mês, o Banco já havia anunciado o lançamento da sua nova conta digital, com estimativa de abrir mais de 1,8 milhão de contas nessa nova modalidade até o final de 2017.

Mais de 3,6 milhões de consumidores procuram as agências do BB anualmente para abrir contas correntes. A estratégia do BB será migrar mais de 50% desse contingente para abertura de contas digitais.

A Conta Fácil BB é oferecida às pessoas físicas que não possuem contas ativas no Banco e que tenham idade igual ou superior a 18 anos. Na tela inicial do aplicativo, o cliente selecionará “Quero abrir uma conta” e, com alguns cliques, terá a conta aberta rapidamente. Bastará preencher os dados pessoais, cadastrar a senha, escolher a agência de relacionamento e a conta já estará apta para movimentação.

As contas abertas pelo aplicativo permitem movimentação mensal de até R$ 5 mil e dão direito a um cartão de débito Elo. São oferecidas duas opções de franquia de serviços: Conta Fácil Gratuita, sem cobrança de tarifas, e Conta Fácil Bônus, que permite maior número de saques e extratos mensais. Esta opção prevê tarifa de R$ 9,90 por mês, que podem ser convertidos em bônus para celulares pré-pagos.

Fonte: Banco do Brasil/JP

Um gatinho está vivendo em cima da sepultura de sua dona há um ano

Um gatinho ficou tão abalado com a morte de sua dona, que passou o último ano em cima da sepultura dela. O fato aconteceu em Java, Indonésia.
Este gatinho está vivendo em cima da sepultura de sua dona há um ano
Um gatinho ficou tão abalado com a morte de sua dona, que passou o último ano em cima da sepultura dela. O fato aconteceu em Java, Indonésia.

Pessoas que foram ao Cemitério Central da localidade notaram a presença do triste felino e lhe ofereceram água e comida com a intenção de retirarem-no de lá. Mas o animal se recusava a sair.

Um homem até tentou adotá-lo, levando-o para casa, porém, o gato voltou para o cemitério.

Diariamente, o bichano vai até a casa de sua falecida proprietária, uma idosa chamada Kundari, onde é alimentado pelos filhos dela, e depois volta para perto da sepultura.

Essa é uma história triste, mas que mostra um caso notável de fidelidade.
Foto: RecreoViral
Foto: RecreoViral
Foto: RecreoViral
Foto: RecreoViral
Fonte: RecreoViral

Plenário do STF decide hoje se afasta ou não Renan da presidência do Senado

Mesa Diretora do Senado diz que aguardará decisão do plenário do Supremo sobre o afastamento do peemedebista da presidência, após liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio.
Renan criticou a decisão monocrática de Marco Aurélio e afirma que precisa ser observado o princípio da separação dos Poderes: clima tenso no Senado

No dia seguinte à decisão, do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, de afastar Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado, o peemedebista acendeu um fósforo na crise entre os Poderes e desafiou a determinação. Decisão da Mesa Diretora enviada ontem ao STF informa que a Casa aguardará uma decisão final do plenário da Corte, marcada para hoje. Logo pela manhã, o Senado entrou com recursos no Supremo para tentar reverter a liminar de Marco Aurélio, expedida na segunda-feira. O governo teme que o afastamento de Renan impacte diretamente em votações importantes, como o segundo turno da PEC dos Gastos, marcado para a próxima terça-feira.

Depois de se recusar a ser notificado da decisão na noite de segunda, Renan negou-se ontem novamente a assinar o documento levado por um oficial de Justiça ao Senado. O servidor do Supremo ficou, das 11h até por volta de 15h, aguardando um posicionamento de Renan. Enquanto isso, a sessão do Senado era cancelada e integrantes da Mesa Diretora redigiam uma decisão para garantir Renan no comando até o julgamento no plenário do STF. Duas versões do documento foram feitas. A primeira delas dizia expressamente que haveria o descumprimento da liminar de Marco Aurélio. A segunda, divulgada oficialmente, não deixa clara a decisão. Apenas traz argumentos, como o que há previsão de Renan assumir a presidência da República, e diz que é necessário esperar o plenário do Supremo.

A falta de clareza gerou divergências na interpretação da decisão por parte de senadores. Parlamentares chegaram a afirmar que o presidente em exercício era Jorge Viana (PT-AC), o primeiro-vice-presidente, que também assinou o documento. Oficialmente, segundo a Mesa do Senado, o presidente, até a noite de ontem, era Renan. O peemedebista evitou dizer que estava indo contra uma decisão do STF, mas criticou Marco Aurélio. “Há uma decisão da Mesa Diretora do Senado Federal que precisa ser observada do ponto de vista da separação dos Poderes e do afastamento, a nove dias do término de um mandato de um presidente de um Poder, por decisão monocrática. É isso que tem quer ser observado”, disse Renan à tarde. O peemedebista ainda criticou liminares anteriores do ministro e disse que “nenhuma democracia merece isso”.

Logo após a reunião da Mesa Diretora, Renan seguiu até o Palácio do Planalto, acompanhado pelo líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), convocado pelo presidente Michel Temer. Preocupado com o impacto do afastamento e da briga em si entre os Poderes, Temer chamou Renan para saber se havia a garantia da votação da PEC do teto dos gastos ou se seria necessário pensar em um plano B. O presidente do Senado explicou que esperava decisão favorável no recurso que interpôs no Supremo. E que, em relação à PEC, há um acordo de líderes para a votação, por isso, a troca no comando da Casa não deveria alterar o calendário.

Fonte: CB

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Brasil cai em ranking mundial de educação e está entre os piores desempenhos

Os resultados do Brasil no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês), divulgados na manhã desta terça-feira (6), mostram uma queda de pontuação nas três áreas avaliadas: ciências, leitura e matemática. A queda de pontuação também refletiu uma queda do Brasil no ranking mundial: o país ficou na 63ª posição em ciências, na 59ª em leitura e na 66ª colocação em matemática.

A prova é coordenada pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) foi aplicada no ano de 2015 em 70 países e economias, entre 35 membros da OCDE e 35 parceiros, incluindo o Brasil. Ela acontece a cada três anos e oferece um perfil básico de conhecimentos e habilidades dos estudantes, reúne informações sobre variáveis demográficas e sociais de cada país e oferece indicadores de monitoramento dos sistemas de ensino ao longo dos anos.

Top 5 do Pisa em CIÊNCIAS:
Cingapura: 556 pontos
Japão: 538 pontos
Estônia: 534 pontos
Taipei chinesa: 532 pontos
Finlândia: 531 pontos

Top 5 do Pisa em LEITURA:
Cingapura: 535 pontos
Hong Kong (China): 527 pontos
Canadá: 527 pontos
Finlândia: 526 pontos
Irlanda: 521 pontos

Top 5 do Pisa em MATEMÁTICA:
Cingapura: 564 pontos
Hong Kong (China): 548 pontos
Macau (China): 544 pontos
Taipei chinesa: 542 pontos
Japão: 532 pontos

No país, a prova fica sob responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A amostra brasileira contou com 23.141 estudantes de 841 escolas, que representam uma cobertura de 73% dos estudantes de 15 anos.

Em cada edição, o Pisa dá ênfase a uma das três áreas. Na deste ano, o foco foi ciências. Em 2015, a nota do país em ciências caiu de 405, na edição anterior, de 2012, para 401; em leitura, o desempenho do Brasil caiu de 410 para 407; já em matemática, a pontuação dos alunos brasileiros caiu de 391 para 377. Cingapura foi o país que ocupou a primeira colocação nas três áreas (556 pontos em ciências, 535 em leitura e 564 em matemática). Segundo o Inep, não existem “evidências empíricas” para afirmar que houve “diferenças estatisticamente significativas” entre a pontuação dos estudantes brasileiros nas três áreas do Pisa entre 2015 e as três últimas edições da prova (2012, 2009 e 2006).

De acordo com os dados, os resultados dos estudantes em ciências e leitura são distribuídos em uma escala de sete níveis de proficiência (1b, 1a, 2, 3, 4, 5 e 6). Em matemática, a escala vai de 1 a 6. De acordo com a OCDE, o nível mínimo esperado é o nível 2, considerado básico para “a aprendizagem e a participação plena na vida social, econômica e cívica das sociedades modernas em um mundo globalizado”.

No Brasil, em todas as três áreas, mais da metade dos estudantes ficaram abaixo do nível 2. Além disso, 4,38% dos alunos brasileiros ficaram abaixo até do nível mais baixo no qual a OCDE determina habilidades esperadas para os estudantes em ciências. Em leitura e matemática, esse índice foi de 7,06% e 43,74% em matemática (no caso, da matemática, porém, há seis níveis de proficiência, e não sete).

Participaram alunos de todos os estados brasileiros, mas, no Amapá e no Paraná, não houve um número mínimo de avaliações para garantir uma análise estatística ampla. Por isso, o Inep alerta que os dados referentes a estes estados sejam analisados com cautela.

Em ciências e leitura, o Espírito Santo foi o estado com a maior média (435 e 441 pontos, respectivamente). Em matemática, a média do Paraná foi a mais alta, com 406 pontos, e o Espírito Santo teve a segunda maior média: 405. Já Alagoas registrou a média mais baixa nas três áreas: 360 em ciências, 362 em leitura e 339 em matemática.


Fonte: G1/Verdade Gospel.